Conselho de Segurança da ONU estende ajuda transfronteiriça à Síria por 6 meses

Posted on

Conselho de Segurança da ONU estende ajuda transfronteiriça à Síria por 6 meses

Resolução foi adotada por 12 dos 15 votos, incluindo os de Rússia, China e os dez membros não permanentes do Conselho

O Conselho de Segurança da ONU decidiu, nesta terça-feira (12), estender o mecanismo de ajuda transfronteiriça para a Síria por seis meses – uma duração imposta pela Rússia, quando todos os seus aliados queriam um prazo de um ano.

A resolução foi adotada por 12 dos 15 votos, incluindo os de Rússia, China e os dez membros não permanentes do Conselho.

Estados Unidos, Reino Unido e França se abstiveram por considerarem que a duração aprovada é insuficiente para planejar corretamente a entrega de ajuda humanitária.

Para ser aprovado, um texto deve receber pelo menos nove votos.

A ONU deveria suspender formalmente as entregas de ajuda através da passagem de Bab al-Hawa, na fronteira sírio-turca, à meia-noite de domingo (10), depois de, na sexta-feira (8), a Rússia ter imposto seu veto a um projeto de resolução para prolongar o plano por mais um ano sem a aprovação de Damasco.

Promovido por Irlanda e Noruega, o texto adotado inclui a possibilidade de uma nova prorrogação do sistema em janeiro de 2023, por seis meses, sujeita à adoção de uma nova resolução, como a Rússia propôs na semana passada.

“É ultrajante que a Rússia tenha mais uma vez conseguido chantagear os membros do Conselho, desta vez reduzindo o período de renovação para seis meses para que a autorização expire no meio do inverno”, reagiu a ONG Human Rights Watch (HWR), em uma nota.

Em vigor desde 2014, esta ajuda humanitária internacional se destina a mais de 2,4 milhões de pessoas na região de Idlib (noroeste), em grande parte sob controle de grupos jihadistas e rebeldes.

AFP

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.